sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Os Olhos de Saramago


No final, exausto de tanto caminhar, já com os olhos sem cor, José Saramago, em uma conferência em São Paulo, arriscou o que significa isso tudo.

"A inutilidade da vida... Não conseguimos fazer dela mais do pouco que ela é".

E a plateia não sabia se aplaudia ou esperava uma nova sentença. Como Saramago nada disse, as pessoas, atordoadas, resolveram aplaudir.